As legítimas.

Gente, adoro sandálias havaianas. Já tive todas as cores: azul marinho, preta, branca, prata e agora to na branca com tiras pretas.  As sandálias que foram inspiradas nas tradicionais Zori japonesas, até pouco tempo atrás, eram coisas de gente sem grana, classe operária. Hoje é o “must have” das celebridades nacionais e internacionais. Sem dúvida é a sandália mais democrática que se tem notícia.

Acho que as Havaianas, caem bem com tudo. Bem, quase tudo! Com terno e longo, não rola. Quer dizer, em fim de festa, tudo vale, né? Mas, sério, acho que fica super legal com jeans, perfeita na praia e na piscina, e super cool, quando estamos no verão, caminhando no fim de tarde.

As legítimas, a partir de meados dos anos 90, ganharam uma versão monocromática, uma linha batizada de Top, e com isso, Vips e mídia desfilaram com elas, transformando-as em ícone.

Me lembro uma vez, quando trabalhei como gerente de uma loja;onde uma vendedora, não atendeu o cliente, porque ele usava sandálias Havaianas. Ela me disse na cara de pau, que ele era duro e não ia comprar nada. Ledo engano, bebê! Entrou, escolheu do bom e do melhor, e ainda pagou no cash! E a comissão, foi pra quem? Pra ninguém!

Nossas  brasileiríssimas, são vendidas no exterior à preço de ouro. Aqui você compra no mercado por preço de banana. Hoje os chinelos estão em mais de 70 países, como Inglaterra, França, Estados Unidos, Congo, Japão e Nova Zelândia. Ah, e são vendidas em lojas de luxo como Galerie Lafayette e Et Vous (na França), Selfrigdes (Inglaterra) e Sack’s Fifth AV (EUA).

 Recentemente as sandálias que não deformam, não soltam as tiras e nem dão chulé, lançou as Havaianas dos Muppets!E já to sabendo que foi feita uma parceria com  a grife de moda praia Adriana Degreas. O modelo une a simplicidade de Havaianas ao cenário luxuoso do Hotel Copacabana Palace, vai chegar ao varejo por R$ 105.

E você, ainda acha que as Havaianas, são “chinelinho de pobre”?

Anúncios